A Apple remove a referência ao rastreamento de fotos no iCloud

O polêmico recurso Child Abuse Material Detection (CSAM) anunciado pela Apple em agosto pode ter sido abandonado. Segundo a MacRumors, nesta quarta-feira (15), a Apple retirou a referência à ferramenta de sua página dedicada à segurança infantil, indicando uma mudança no rumo da tecnologia.

A possível retirada de recursos é outro capítulo que envolve o sistema, que inclui a digitalização de fotos armazenadas no iCloud, em busca de imagens que contenham abuso sexual de crianças. Desde seu lançamento, as críticas às grandes empresas de tecnologia não param de aparecer.

Um dos críticos da digitalização de fotos é o ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional (NSA) Edward Snowden (Edward Snowden), que chamou o recurso de uma tentativa de vigilância em grande escala. Pesquisadores de segurança, políticos e até funcionários da Apple também se opuseram à ferramenta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *