Cofundador do WhatsApp é nomeado CEO interino da Signal

O CEO da Signal, Moxie Marlinspike, anunciou sua renúncia após quatro anos. O substituto interino será o cofundador do WhatsApp, Brian Acton, que deixou o aplicativo depois de vender o aplicativo para o Facebook (agora Meta) em 2017.

Marlinspike é um dos fundadores do aplicativo Signal. Os concorrentes do WhatsApp e do Telegram oferecem serviços gratuitos de mensagens instantâneas criptografadas disponíveis em smartphones e desktops.

Em um raro post no blog da empresa, o ex-CEO disse que seu objetivo é que o aplicativo continue crescendo e se sustente além de seu envolvimento no desenvolvimento e execução da plataforma. Ele disse que a ideia “ainda estava fora de questão” quatro anos atrás, quando ele era responsável por escrever código, atender chamadas e gerenciar tudo nos estágios iniciais da empresa.

A empresa foi fundada em 2014, mas recebeu um grande investimento em 2018, quando Acton investiu US$ 50 milhões para criar a Signal Foundation em 2018. Esta organização sem fins lucrativos trabalha para desenvolver tecnologias de privacidade de código aberto para comunicações.
O serviço de mensagens da Signal foi impulsionado pela atualização da política de privacidade do WhatsApp no ​​início do ano passado, quando tinha cerca de 40 milhões de usuários em todo o mundo e mais de 105 milhões de downloads.

Mas o rápido crescimento de aplicativos de comunicação levantou preocupações de que agentes mal-intencionados possam abusar do serviço, o que pode adicionar munição ao debate em andamento sobre o enfraquecimento das proteções de criptografia para facilitar as investigações policiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *