Xiaomi multou R $ 17,7 mil após usar propagandas falsas em lojas

A Xiaomi está em uma posição incômoda na China e foi recentemente acusada de colocar anúncios falsos em anúncios 5G do Redmi K30. Segundo informações do site chinês ITHome, a empresa chinesa violou a Lei de Propaganda da República Popular da China.

A Xiaomi promoveu o Redmi K30 5G como um smartphone equipado com tela Samsung AMOLED, mas o dispositivo foi fabricado com um painel IPS LCD (Full HD +) de 6,67 polegadas. A empresa foi multada em 20 mil yuans (aproximadamente 17,7 mil reais pelo preço atual) por infringir a lei.

Em meados de outubro, durante um evento de pré-venda, uma loja oficial da Xiaomi na China afirmou que o dispositivo K30 5G foi fabricado com painéis AMOLED de uma empresa sul-coreana, o que não é verdade.

Embora a empresa tenha assumido a responsabilidade e pago o preço por violar a “Lei de Propaganda da RPC”, Xiaomi revelou que este não foi um caso premeditado, mas um erro humano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *